terça-feira, 14 de novembro de 2017

Ora até que enfim!

Ora até que enfim que alguém na Assembleia da República questiona o governo sobre a situação, nalguns aspectos desgraçada, em que se encontram o Castelo dos Templários e o Convento de Cristo. Segundo a Rádio Hertz, o deputado Carlos Matias, do Bloco de Esquerda, teve a coragem de pôr finalmente o dedo na ferida. O modo como são recebidos os visitantes -a impropriamente chamada portaria- não prestigia ninguém, sendo mesmo uma vergonha. E, como frisou aquele parlamentar bloquista, é uma situação que se arrasta há demasiado tempo.
Além dessa entrada, que mais parece uma porta de serviço para entregas e empregados domésticos, há outros problemas graves que afectam aquele monumento. A questão do estacionamento, que contribui fortemente para a degradação das superfícies pétreas, bem como a total ausência de medidas de controle e segurança, são os dois principais. Com relevo para este, tendo em conta o que vai acontecendo por esse mundo fora na área do terrorismo.
A ignorância ambiente não permite entender que o castelo dos Templários e o  Convento de Cristo correm grande perigo, pois são alvos prováveis, uma vez que os templários foram fundados e combateram na Palestina, justamente contra os maometanos, tendo mesmo a sua primeira sede nas ruínas do Templo de Salomão, do qual resta agora apenas o Muro das Lamentações, local sagrado para a religião hebraica. Foram portanto cruzados, e os jiadistas, que ainda estão na Idade média, procuram atacar os cruzados.
Templários, Cavaleiros de Cristo, Cruzadas, Templo de Salomão, Comunidade judaica, tudo está interligado na Grande casa da Ordem. Oxalá nunca sejamos levados a lamentar as consequências da evidente incúria de quem deve proteger aquele Património da Humanidade. O silêncio cúmplice da Cãmara municipal não é um bom sinal...

A via dolorosa dos candidatos a visitantes do Convento de Cristo

Primeiro lêem isto, caso tenham chegado junto do Portal filipino da fachada norte, que está sempre fechado, e entendam português.

Resultado de imagem para imagens entrada no convento de cristo tomar a dianteira 3

Depois de terem perguntado onde fica afinal essa entrada do castelo templário e o portal da igreja, chegam ao terraço de entrada, onde constatam que o dito portal está fechado:

Resultado de imagem para sinalização da entrada do convento de cristo em tomar a dianteira 3 tomar

Resultado de imagem para imagens entrada no convento de cristo tomar a dianteira 3

Continuando a procurar, reparam então numa indicação da entrada e chegam aqui:

Resultado de imagem para imagens entrada no convento de cristo tomar a dianteira 3

Sobretudo durante a época alta (Julho, Agosto, Setembro) formam-se filas de mais de 30 metros para comprar os bilhetes de entrada, pois há um só funcionário na bilheteira.

Resultado de imagem para imagens fila para bilheteira do convento de cristo em tomar a dianteira 3

Finalmente entram por esta porta. Uma bela entrada para um monumento Património Mundial. Não é mesmo?! Mais parece uma porta de serviço, para os fornecedores e  pessoal doméstico:

Resultado de imagem para imagens da porta da capela de s. jorge no convento de cristo em tomar a dianteira 3

Conclusão provisória
Agradece-se ao senhor deputado bloquista a coragem demonstrada. Continua a aguardar-se que a senhora presidente ouse finalmente "pôr a boca no trombone" (apesar de só o senhor vice-presidente ser músico amador), mas a esperança é cada vez menor. Embora seja sempre a última a morrer.

ACTUALIZAÇÃO ÀS 12h05 DE LISBOA
Graças à fontes de Tomar a dianteira 3, que são como a Globo news aqui no Brasil, nunca desligam, acrescenta-se que também o deputado do PS Hugo Costa reivindicou melhorias para o Convento de Cristo. Pode ouvir aqui parte da sua intervenção na A.R.

Sem comentários:

Enviar um comentário